jusbrasil.com.br
4 de Abril de 2020
    Adicione tópicos

    Desembargadora Liana Mendonça fala sobre a carreira e desafios à frente da ABMCJ

    Liana Belém fala sobre a carreira e desafios à frente da instituição em netrevista exclusiva ao Jornal A Crítica.

    Tribunal de Justiça do Amazonas
    há 7 anos

    Recém eleita para o comando da Associação Brasileira das Mulheres de Carreiras Jurídicas, presidida pela primeira vez por uma representante do Norte do País, a desembargadora aposentada Liana Belém Pereira Mendonça de Souza se orgulha de ter ajudado a conquistar, no Amazonas, a única sede própria da entidade. Nos demais estados, as regionais funcionam em salas cedidas pela OAB.

    O resultado é que, a cada conflito com a Ordem, a associação perde seu espaço físico. "E eu sou mulher para expulsarem? Não é que eu seja desaforada, às vezes sou até carinhosa, mas não aguento muito abuso não", explica ela, determinando logo o tom da entrevista. Baixinha e atrevida, Liana nem pisca antes de colocar o dedo em algumas feridas do Judiciário. Confira abaixo trechos da conversa.

    Leia a entrevista na integra no acritica.com

    DIVISÃO DE IMPRENSA E DIVULGAÇÃO DO TJAM

    Telefones

    TJAM: (092) 2129-6771 / 6772

    Telefones

    Henoch Reis: (092) 3303-5209 / 5210

    Email: Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.

    0 Comentários

    Faça um comentário construtivo para esse documento.

    Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)